Smartphones estão engolindo a TV aberta, diz o Forbes | TVCLASSIFICADOS.com Para Smart TV, PC e Móbiles

Os modernos meios de comunicação estão mudando rapidamente. Desde o século passado, temos visto mudanças monumentais: primeiro veio a invenção do rádio, seguido pelos primeiros televisores preto e branco, em seguida, TV a cores, em meados da década de ...

tv, emissora, online, streaming, webtv, iptv, internet, transmissão, estação

Smartphones estão engolindo a TV aberta, diz o Forbes

Publicado por: Redação
27/04/2016 12:05:52

Os modernos meios de comunicação estão mudando rapidamente. Desde o século passado, temos visto mudanças monumentais: primeiro veio a invenção do rádio, seguido pelos primeiros televisores preto e branco, em seguida, TV a cores, em meados da década de 1950.

 

As últimas mudanças no consumo de mídia, no entanto, é muito maior do que qualquer outro que veio antes: a era do surgimento da Internet.


Estudos têm demonstrado que a audiência televisiva está em queda desde 2010, ano em que atingiu o seu pico. De lá para cá vem perdendo receitas publictária e audiencia, ano a ano, e em numeros cada vez maiores.

 

Hoje cada vez menos pessoas, especialmente na faixa de 18 a 34 anos, estão assistindo televisão, estão optando por usar os smartphones através da internet para acessar a mídia do seu interesse.

 

Um recente artigo da Forbes afirma, "o smartphone está comendo a televisão."

 

Cada vez mais, as pessoas consomem suas notícias e entretenimento através de redes sociais, vídeos online, e transmissões ao vivo em vez de simplesmente sentado em frente de uma televisão.

 

Em resposta a esta tendência, mais e mais estações de TV aberta estão se dadno conta dessa nova realidade e estão escolhendo transmitir ao vivo através da Internet.

 

Este tipo de transmissão de streaming ao vivo é uma mudança do tradicional modelo de negócio, uma vez que muitas TVs funcionam no sistema de afiliadas. Neste modelo, o espaço do anúncio é muitas vezes vendido por empresas de mídia locais que possuem antenas e direitos de transmissão, em vez de pela própria rede.

 

Devido a este modelo, ainda não existente no Brasil, TV ao vivo tem sido um pouco lento para pegar. No entanto, as redes estão começando a se recuperar.

 

Muitas estações de TV, como a NBC e PBS, transmitem via streaming ao vivo todo o seu conteúdo através da web.

 

Internacionalmente, esta tendência se acelerou ainda mais rápido. Nos EUA, a geração de receitas através da televisão on-line ao vivo ainda é uma perspectiva evolutiva. Ele apresenta dificuldades, mas também representa grandes oportunidades, especialmente quando as estações podem descobrir como minimizar custos e maximizar retornos. Com isso, não há dúvida de que a transmissão de streaming ao vivo é o futuro.


Transmitir ao vivo apresenta uma série de desafios técnicos e são bastante diferentes do que os enfrentados na televisão tradicional.

 

Os exemplos mais óbvios são largura de banda e hospedagem. Em vez de um padrão MPEG-2 broadcast (típico da televisão aberta), streaming ao vivo geralmente usa um sinal H.264 otimizado para entrega online.


No entanto, os engenheiros da maioria das emissoras abertas de televisão não devem ter nenhum problema em emitir um sinal H.264.

Ainda assim, a questão permanece: o que fazer para que o sinal de transmissão, a partir de um estúdio de TV chegue para smartphones, tablets, TVs inteligentes e computadores?


Mike Nelson


Comentários