Conheça os substitutos do sal | TVCLASSIFICADOS.com Para Smart TV, PC e Móbiles

Substitutos do sal podem contribuir para redução de doenças cardiovasculares   Inspirado na corrente Você Não, que circula pelo Facebook, a Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (SOCESP) elenca opções para substituição do sal, como orégano, n...

sal, hipertensão, pressão, arterial, cardiologia, infarto, miocardio, coração, hipertenso

Conheça os substitutos do sal

Publicado por: Redação
06/07/2017 22:00:17

Substitutos do sal podem contribuir para redução de doenças cardiovasculares

 

Inspirado na corrente "Você Não", que circula pelo Facebook, a Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (SOCESP) elenca opções para substituição do sal, como orégano, noz moscada, páprica, alecrim, limão, gengibre, cheiro verde e alho

 

 

A Diretora do Departamento de Nutrição da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (SOCESP), Cibele Gonsalves, ressalta que o sódio, na medida certa, é necessário ao organismo humano, pois, juntamente com o potássio, contribui para manter o equilíbrio da quantidade de água nas células e o ritmo cardíaco. Porém, seu consumo em excesso está relacionado ao aumento no risco de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), como hipertensão arterial, problemas cardiovasculares e renais, responsáveis por 63% dos óbitos no mundo e 72%, no Brasil. O alerta é do Ministério da Saúde. Um terço dessas mortes ocorre em pessoas com idade inferior a 60 anos.

 

Recentemente, o ministério anunciou que a indústria de alimentos fará mudanças na composição dos produtos, a fim de cumprir um acordo para reduzir a quantidade de sódio. A meta é retirar um total de 28,5 mil toneladas da substância dos alimentos industrializados até 2020. Nessa fase, o foco é reduzir o sódio de pães, bisnaguinhas e massas instantâneas. Além de prevenir outras doenças, a medida contribuirá para a diminuição da população hipertensa no Brasil, que era de 17 milhões de pessoas em 2016, segundo estatísticas oficiais da pasta.

 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda a ingestão máxima diária de dois gramas de sódio. Isso corresponde a cinco gramas de sal (uma colher de café contém um grama). A nutricionista frisa que é importante seguir a recomendação da OMS. “Se fizéssemos isso, reduziríamos as mortes por acidentes vasculares cerebrais e os óbitos por infarto. Essa mudança depende exclusivamente de uma nova atitude de cada cidadão, perante sua própria saúde e de sua família”.

 

A nutricionista lista oito opções de temperos naturais, que podem substituir o sal: orégano, noz moscada, páprica, alecrim, limão, gengibre, cheiro verde e alho.

 

“De maneira geral, esses temperos naturais atuam como coadjuvantes na prevenção dos fatores de risco para as doenças crônicas não transmissíveis, pois aumentam o HDL-c (bom colesterol), auxiliam na regulação da pressão arterial e têm ação antioxidante. Além disso, contêm polifenóis, que atuam como anti-inflamatório. Apresentam em sua composição, vitaminas do complexo B, incluindo C e A. Todos esses componentes agregam benefícios que o sal não apresenta. Sendo assim, vale a pena a substituição”, explica a nutricionista da SOCESP.

 

SOCESP – SOCIEDADE DE CARDIOLOGIA DO ESTADO DE SÃO PAULO

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar